lomadee

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

São Luís sedia Encontro das Cidades Históricas e Patrimônio Mundial


Aberto oficialmente, na noite desta quarta-feira (24), em São Luís, o 2º Encontro Brasileiro das Cidades Históricas, Turísticas e Patrimônio Mundial, iniciou as discussões para a agenda de atividades que definirão o novo posicionamento das cidades históricas brasileiras.

O evento, organizado pelo Governo do Maranhão, Confederação Nacional dos Municípios (CNM), com apoio da UNESCO (Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura) e Sebrae-MA, tem abrangência internacional, e reuniu representantes do Governo Federal, gestores municipais de cidades históricas brasileiras e especialistas em patrimônio. O objetivo é tratar das estratégias e ações para o desenvolvimento sustentável das cidades históricas e turísticas do país.

O secretário de Cultura e Turismo do Maranhão, Diego Galdino, falou da importância de receber um evento tão relevante para o futuro dos sítios históricos. “Nesses três dias intensos de atividades, teremos a oportunidade de compartilhar boas práticas de sucesso desenvolvidas em outras cidades históricas do Brasil e do mundo, aprender com elas e replica-las de acordo com as nossas peculiaridades”, ressaltou.

Para o secretário-executivo do Ministério do Turismo, Alberto Alves, as cidades precisam dividir os bons exemplos para a preservação de seus sítios históricos. “Este é um momento ímpar, onde as cidades poderão compartilhar seus casos de sucesso e buscar caminhos para desenvolvimento deste importante segmento turístico”.

O prefeito de São Luís, Edvaldo Holanda Junior, também esteve presente na abertura do evento e sublinhou que sediar o evento é uma oportunidade de partilhar o projeto que o Maranhão tem para o Centro Histórico, vislumbrando um quadro de avanços, dentre eles o financiamento e tratativas para as questões sociais de ocupação e habilitação, afim de promover estas cidades. “Serão dias importantes de troca de experiências de gestões para alavancar este patrimônio. Serão novas perspectivas de novos caminhos”.

Já o assessor da Presidência do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), Marco Antônio Lomanto, destacou o potencial das cidades históricas do Brasil como produto turístico no mercado internacional. “O País possui uma diversidade enorme de patrimônio histórico, capaz de atrair turistas do mundo inteiro, que buscam a cultura como principal motivação. Enalteço a iniciativa do Governo do Maranhão, pelo protagonismo neste processo de desenvolvimento do segmento no Brasil”, comentou.

O presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae, Edilson Baldez, falou sobre o papel das instituições públicas e privadas para o fortalecimento turístico e econômico e destacou os bons exemplos de preservação que serão discutidos. “Temos um dos maiores e mais belos patrimônios do Brasil aqui em São Luís. É claro que temos problemas de preservação. Mas é em eventos como este, que unem o poder público com a iniciativa privada, que avançamos nessas questões”.

Programação

Nesta quinta e sexta-feira, o evento prossegue no Teatro João do Vale, com a realização de painéis e apresentação de cases de sucesso. Na quinta-feira (25), painéis sobre financiamento para gestão do Patrimônio Histórico, Promoção e Sustentabilidade da Economia, serão discutidos durante todo o dia.

Já na sexta, a gestão urbana para Habitação e Ocupação em Sítios Históricos, Cultura, Turismo e a Atuação do Legislativo Federal na Governança nas Cidades Históricas Brasileiras, encerram o evento com a formatação do documento final do evento. No sábado (27), os gestores públicos participam de uma visita técnica ao Centro Histórico de São Luís.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...