lomadee

quarta-feira, 30 de março de 2016

Governo do estado anuncia obra que vai melhorar fluxo de caminhões para o Porto do Itaqui


Os caminhões e outros veículos pesados que trafegam na ilha de São Luís com destino ao Porto do Itaqui agora gastarão menos tempo para manobrar do ponto de espera até o local de embarque e desembarque da carga. O governador Flávio Dino assinou, nesta terça-feira (29), ordem de serviço para realização de melhorias na BR-135, trecho do entroncamento de Pedrinhas ao Porto do Itaqui, no subtrecho do km 12, na Vila Collier. A obra está orçada em R$ 2,8 milhões e prevê a construção de uma rotatória com 460 metros de extensão.

Para o governador Flávio Dino, essa intervenção vai ajudar na circulação mais adequada dos caminhões que demandam o Porto do Itaqui, além de dinamizar a movimentação de cargas no complexo portuário. “Ao mesmo tempo ajudará para que haja mais segurança no trânsito na medida que isso vai implicar na redução de carretas que farão operações de manobra na BR-135. Portanto é uma obra que tem sentido econômico e social”, destacou.

Atualmente, vários caminhões que esperam para embarcar ou desembarcar as cargas no Porto Itaqui ficam no Posto Paizão, localizado próximo ao complexo. A manobra do local de espera até o Porto exige que as carretas voltem até a BR-135 para retornar no sentido Vila Maranhão, o que aumenta o tráfego na rodovia e o tempo de operação dos caminhões.

De acordo com o secretário de Infraestrutura, Clayton Noleto, a obra vai facilitar a operação e a logística vai contribuir para que haja uma economia de tempo e de recurso, além de ajudar também na diminuição do tráfego na BR-135.

“O chamado retorno do Posto Paizão é uma forma de evitar que os caminhões tenham que passar pela BR-135 para alcançar o Porto no retorno. Desta maneira vai encurtar a distância. Então eles vão utilizar desse retorno antes da BR, vão fazer o movimento de retorno e ir direto para o Porto. Isso vai diminuir em uma hora, em média, o tempo de espera de cada caminhão no Posto”, explicou o secretário.

Benefícios para o Porto do Itaqui

O presidente da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), Ted Lago, disse que, durante a safra, mais de 50 mil carretas passam pelo Porto do Itaqui. Para ele, a intervenção que será construída pelo Governo aumentará a produtividade, a segurança e reduzirá o tráfego de caminhões na BR-135.

“Isso causa impacto na movimentação do Porto, melhorando a produtividade, mas também na segurança dos veículos que trafegam pela BR porque não precisam dividir o espaço com volume tão grande de carretas”, ressaltou Ted Lago.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...