lomadee

quinta-feira, 10 de março de 2016

Mulheres têm serviços de prevenção e promoção da saúde ampliados no governo Flávio Dino


Das cinco prioridades da Gestão de Saúde Estadual, instituídas pelo governador Flávio Dino desde o início do mandato, o cuidado com a saúde das mulheres maranhenses tem sido intensificado e ampliado.

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio da Política de Atenção Integral à Saúde da Mulher, tem implementado ações de saúde que contribuam para a garantia dos direitos das mulheres e reduzam a mortalidade por causa preveníveis.

Marcos Pacheco, secretário de Estado da Saúde, destacou o avanço no atendimento às mulheres por meio de programas como o Mais IDH, por exemplo, que atua nos 30 municípios com os piores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) do Maranhão.

“Só para se ter uma ideia de como a saúde das maranhenses estava sendo tratada no passado, durante a primeira edição do programa Mais IDH, realizado em 2015, 1.867 mulheres fizeram pela primeira vez na vida um exame de papanicolau. E é por todas as mulheres que ainda não conseguem ter esses e outros serviços básicos de saúde que o governo vai continuar investindo em ações preventivas, pois só com a prevenção vamos diminuir o índice de mortalidade”, ressaltou Marcos Pacheco.

Além dos serviços ofertados no programa Mais IDH, atendimentos que antes só eram disponibilizados nos hospitais da Rede Estadual de Saúde agora também estão sendo ofertados de forma itinerante às mulheres que mais precisam, por meio da Carreta da Mulher Maranhense e da Carreta do Mamógrafo Móvel, garantindo uma maior abrangência no atendimento, em parceria com a Secretaria de Estada da Mulher (Semu).

Em todo o Maranhão, as unidades móveis já realizaram cerca de 20 mil atendimentos, entre exames de papanicolau, que permite o diagnóstico precoce para o tratamento do câncer de colo de útero, palestras sobre nutrição, entre outros serviços. Só exames de mamografia foram 5.500, que servem para identificar casos de cãncer de mama e iniciar o tratamento.

Nos dias 8 e 9 de março, em homenagem ao ‘Dia Internacional da Mulher’, os serviços móveis foram intensificados no bairro da Liberdade e na Praça Deodoro, em São Luís. Durante a ação, cerca de 150 mulheres realizaram exames de prevenção ao câncer de colo de útero e câncer de mama.

A dona de casa Maria Lina Borges, de 56 anos, moradora do bairro da Liberdade, nem consegue lembrar a última vez que havia feito esse tipo de acompanhamento médico. “Tenho uma vida corrida cuidando da minha mãe, e dos meus netos. Às vezes a gente descuida da saúde. Por isso, ter esse serviço perto de casa é muito bom não só pra mim, mas para todas as mulheres aqui do bairro”, contou.

Moradora do bairro Monte Castelo, a aposentada Maria José Nogueira, de 69 anos, soube que a Carreta estaria no bairro vizinho e aproveitou para realizar a mamografia pendente. “Desde 2014 eu não fazia esse exame. Preciso desse acompanhamento porque descobri um nódulo na mama. O sentimento que tenho hoje é de felicidade, por fazer um exame assim, com tranquilidade e sem demora”, afirmou a aposentada.

Segundo a coordenadora do departamento de Atenção à Saúde da Mulher da SES, Emanuela Brasileiro, a data é um momento de mobilização e discussão no que diz respeito à discriminação às mulheres e, principalmente sobre seus direitos e conquistas. “A criação do programa de atendimento móvel feito nas carretas é uma estratégia do governo para garantir o direito que a mulher possui de ter acesso ao serviço de saúde, pois entendemos como uma forma de violência quando esse acesso é negado, ou não é oportunizado”, explicou Emanuela Brasileiro.

A coordenadora do departamento de Atenção à Saúde da Mulher explicou também, que todos os exames com resultados alterados que tenham sido feitos nas unidades móveis, as pacientes são inseridas na Rede Estadual de Saúde para dar continuidade ao tratamento.

Próximos atendimentos

São Luís foi o ponto de partida dos serviços da Carreta da Mulher e do Mamógrafo Móvel nesse mês de março. Os atendimentos também serão intensificados no interior do Estado no município de Codó (nos dias 10 a 12), Arame (15 a 19) e Jenipapo dos Vieiras (21 a 24).


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...