lomadee

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Bolsa Escola atende aproximadamente 95 mil crianças em cidades maranhenses de menor IDH


Todo início de ano é a mesma coisa: as famílias apertam o orçamento para pagar várias despesas, entre elas, a compra do material escolar. A dificuldade é maior para aquelas com baixa renda. No Maranhão, as famílias com baixa renda estão recebendo ajuda do Governo do Estado, especialmente as 30 cidades com menor Índice Desenvolvimento Humano (IDH) que receberam investimentos de mais R$ 4 milhões, para auxiliar aproximadamente 95 mil alunos da rede pública na obtenção de cadernos, lápis, canetas e outros produtos.

Os recursos fazem parte do Bolsa Escola, promovido pelo Governo do Maranhão, através da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedes). Este ano o número de estudantes beneficiados aumentou, o crédito para a compra de material escolar contemplará 1,11 milhão de crianças em todo o estado. Para tanto, foi aplicado um montante de R$ 59,2 milhões pelo Governo do Estado.

“Quem tem a casa cheia de filhos sabe que a despesa não é pequena. Estou achando a ação do governo muito boa, nos ajudou bastante. Com uma bolsa nova, um caderno bonito, com certeza todos estão mais felizes e motivados”, disse Gilcilene de Moraes Sousa, 31 anos, que é mãe de quatro filhos e mora no município de Pedro do Rosário, onde o investimento do Bolsa Escola foi de R$ 305.439,00, para atender a 5.952 estudantes.

“Achei esse programa bom, porque se não tivesse esse benefício, eu iria ter que tirar do meu [dinheiro] para tentar comprar. Quero que meus filhos sejam uma coisa boa na vida, que tenham o que não tive, que é o estudo”, falou a lavradora Maria dos Reis Pinheiro Costa, 47 anos, que também mora em Pedro do Rosário e é mãe de quatro filhos.

Bolsa Escola
Alunos matriculados em escola pública, com idade de 4 a 7 anos, atendidos pelo Bolsa Família, são o público alvo do programa que concede crédito para a compra de material escolar. Após reajuste de 12,5%, o valor do Bolsa Escola (Mais Bolsa Família) subiu, este ano, para R$ 51 por criança. Não há limite de crianças beneficiárias em uma mesma família, desde que atendidas às exigências do programa.

Para facilitar as compras, o beneficiário pode consultar o saldo do benefício no site do programa (www.bolsaescola.sedes.ma.gov.br), com os dados do CPF e o número do cartão. No endereço eletrônico, o usuário também tem acesso à lista de estabelecimentos credenciados ao programa. Mais informações também podem ser obtidas na Ouvidoria, pelo telefone 0800-098-16-56.

Mais IDH
Fazem parte do Mais IDH, as cidades de Pedro do Rosário, Fernando Falcão, Marajá do Sena, Jenipapo dos Vieiras, Satubinha, Água Doce do Maranhão, Lagoa Grande do Maranhão, São João do Carú, Santana do Maranhão, Arame, Belágua, Conceição do Lago-Açu, Primeira Cruz, Aldeias Altas, São Raimundo do Doca Bezerra, São Roberto, São João do Sóter, Centro Novo do Maranhão, Brejo de Areia, Serrano do Maranhão, Amapá do Maranhão, Araioses, Governador Newton Bello, Cajari, Santa Filomena do Maranhão, Milagres do Maranhão, São Francisco do Maranhão, Afonso Cunha, Itaipava do Grajaú e Santo Amaro do Maranhão.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...