lomadee

sábado, 14 de janeiro de 2017

Praias da Grande Ilha foram destaque nacional por boa balneabilidade


A balneabilidade das praias de São Luís foi destaque nacional em levantamento realizado pelo site da Revista Exame na última quinta-feira (12), em referência ao laudo realizado na semana passada. Nesta sexta-feira (13), o Governo do Estado divulgou o relatório semanal, aferido pelo Laboratório de Análises Ambientais – LAA, da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema), que aponta a continuidade da grande maioria dos pontos próprios para banho. O novo levantamento indica que 18 áreas monitoradas estão com as praias balneáveis.

A sucessão do grande número de pontos próprios para banho coloca a orla de São Luís e São José de Ribamar como a que tem o menor número de bactérias entre todas as capitais do Brasil. O novo levantamento aponta que somente dois pontos localizados na praia da Ponta D’areia (Bar do Dodô e Hotel Brisamar) e um da praia de São Marcos (em frente aos bares do Chef e Marlene’s) estão impróprios para o banho, entre os 21 monitorados semanalmente pela Sema.

Desde o início de 2015, o Governo do Estado age com transparência em relação a balneabilidade das praias da Região Metropolitana de São Luís. A limpeza dos mares, segundo o governador Flávio Dino, está em processo e é resultado de investimentos em saneamento básico.

“Conseguimos um patamar muito bom, que praticamente há uma década não havia, em que praticamente 100% dos pontos pesquisados estão sendo liberados. Uma semana, ou outra, nós temos alguns pontos impróprios e claro que nós sabíamos que seria assim porque o processo de limpeza total, que leva algum tempo, depende da conclusão das obras nos principais rios que chegam nas praias”, explicou o governador.

Para o secretário da Sema, Marcelo Coelho, a manutenção de todas as praias próprias para banho é um desafio, pois neste período do ano as chuvas fazem com que o esgoto lançado irregularmente em rios e córregos afluentes às praias, bem como em canais de drenagem, seja carregado para o mar propiciando o aumento da concentração dos indicadores biológicos de qualidade das praias. “Mesmo com o grande número de chuvas na semana, conseguimos manter índices satisfatórios neste relatório”, comemorou.

Investimentos em saneamento

O presidente da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), Davi Telles, ressaltou que o Governo do Estado avançou muito nos últimos dois anos na área do saneamento básico. Obras como a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do Vinhais; a troca de 2,3 km da linha de esgoto da Avenida Daniel de La Touche, com elevatória e equipamentos novos; além da manutenção e substituição de estruturas sucateadas estão sendo fundamentais para a limpeza das praias de São Luís.

Além disso, de acordo com Davi Telles, o Governo do Estado trabalha firme para a despoluição dos rios da capital. As obras no Rio Claro contemplam a construção da elevatória de esgoto e redes coletoras, e estão em fase de finalização. No Rio Calhau, a licitação está sendo concluída para o início das obras. “Antes das obras, no entanto, otimizamos elevatórias que extravasavam no Calhau, o que fez com que o rio melhorasse muito suas condições nesses dois anos de Governo. O Rio Pimenta não deverá mais ter problemas”, garantiu o presidente da Caema.

Transparência


Por determinação do governador Flávio Dino, o laudo semanal de balneabilidade está sendo divulgado de forma transparente, para que os banhistas maranhenses possam utilizar as praias de forma segura. “A qualidade da água semana a semana está melhor, as praias estão sendo monitoradas e nós divulgamos com transparência os resultados porque nós temos seriedade”, realçou.

De acordo Marcelo Coelho é de extrema importância que a população saiba, semanalmente, como estão as condições de banho das praias. “O laudo deve ser utilizado como referência para que o usuário se oriente e escolha as áreas mais favoráveis na orla para seu banho de mar”, disse.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...