lomadee

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Governo reforça apoio às feiras agropecuárias do estado


Com a realização da Agrobalsas, de 15 a 19 de maio, se inicia o calendário de feiras e eventos agropecuários de 2017. Como nos dois primeiros anos de gestão, o governo Flávio Dino continua apoiando e participando desses eventos, por meio da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima).

Com programas e iniciativas voltadas para pequenos, médios e grandes produtores, a Sagrimae a Agência Estadual de Defesa Agropecuária (Aged) levarão às feiras capacitações, tecnologias e serviços, além de mostrar à população os resultados de programas como o Mais Produção e os Agropolos.“O governo vem mantendo uma relação de muito diálogo com os sindicatos de produtores e com a Federação de Agricultura e Pecuária (Faema), ouvindo as demandas e buscando soluções. A participação e apoio do governo às feiras e eventos agropecuários é parte dessa política e também uma oportunidade de prestar contas à população do que temos feito para desenvolver o setor produtivo do Maranhão”, afirma o secretário da Sagrima, Márcio Honaiser.

Na Agrobalsas serão realizadas entrega de sementes de hortaliças para as Unidades de Referência de Produção do Agropolo Rio Balsas, a oficina de produção do biofertilizante Verdão, aberta a todos os produtores da região e a oficina de Registro de Agroindústria Familiar, de Pequeno Porte e Artesanal, a ser realizada pela Aged. A agência também vai promover gincanas ligadas ao combate à febre aftosa e ao descarte adequado de embalagens de agrotóxicos com o público infanto-juvenil.

“Este ano,a Aged estará mais uma vez participando ativamente em todos os dias de evento com atividades de educação sanitária, palestras sobre manuseio de agrotóxicos e agroindústria. Além disso, participaremos de uma reunião com a associação dos produtores da região, traçando medidas para a instituição do Fundo de Desenvolvimento da Cultura da Soja”, explica o presidente da Aged, Sebastião Anchieta.

Já entre os serviços, o estande da Sagrima vai auxiliar os produtores a realizarem o pré-cadastro para recebimento de sementes de arroz, feijão, milho e hortaliças do Programa ‘Mais Sementes’ e no preenchimento online da autodeclaração de dispensa de licenciamento ambiental para propriedades de até quatro módulos fiscais.

A ideia é que essa programação seja realizada nas feiras ao longo de 2017, além de ações específicas, de acordo com a atuação da secretaria no âmbito das cadeias produtivas e dos agropolos, como explica o secretário. “A partir de maio se inicia um calendário que vai até novembro, com exposições em Porto Franco, Grajaú, Codó, Bacabal e outras cidades, além de eventos importantes como o Festival da Melancia, em Arari e vários outros. Cada um deles, o Governo do Estado vem buscando apoiar dentro das possibilidades e características de cada evento, sempre buscando valorizar nossos produtores e levar as ações de governo à população”.

Já a Expoema, que assume a partir de 2017 um perfil itinerante, começando por Santa Inês, em setembro, também faz parte desse calendário e a Associação dos Criadores do Maranhão (ASCEM) vem dialogando com o governo do Estado sobre a parceria para a realização do evento. O presidente da ASCEM, Ivaldeci Mendonça, destaca que o evento é a vitrine para quem vive da pecuária, seja bovina, equina ou de ovinocaprinos e que a edição deste ano vai ser uma inovação. “Queremos quebrar paradigmas em 2017, com uma formatação técnica, levando conhecimento, aperfeiçoamento, tecnologia para melhoramento da pecuária do Maranhão”, disse.

A parceria com o Governo do Estado, por sua vez, “é muito importante, porque nosso pensamento é fazer um trabalho para todos os criadores, independente de serem micro, pequenos, médios ou grandes, e o governador captou essa mensagem. A parceria com a Ascem, como com a Fapcen e os realizadores de todo tipo de evento agropecuário é muito salutar para o setor primário do nosso estado”, ressaltou o presidente da ASCEM.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...