lomadee

quinta-feira, 11 de maio de 2017

Maranhão e Vietnã estreitam laços para gerar negócios e parcerias tecnológicas


O Governo do Maranhão está estreitando os laços com o Vietnã para gerar oportunidades de negócios e firmar parcerias técnicas. Uma comitiva vietnamita está presente no estado nesta semana em missão diplomática. Nesta quarta-feira (10), o governador Flávio Dino recebeu a visita do embaixador do Vietnã, Do Ba Khoa, no Palácio dos Leões.

“Convido o Governo do Maranhão para visitar nosso país, onde poderemos conversar sobre oportunidades de investimento com empresários vietnamitas”, disse o embaixador do Vietnã. Do Ba Khoa, também esteve na manhã desta quarta-feira (10), no Palácio Henrique de La Rocque, em reunião com representantes do governo, e da indústria e do comércio local debatendo sobre a agenda econômica maranhense.

O embaixador está em missão diplomática no estado entre os dias 9 e 12 deste mês, a convite da Secretaria Extraordinária de Programas Especiais (Sepe). A agenda de Do Ba Khoa incluiu um encontro com o governador Flávio Dino para continuar o diálogo sobre as relações econômicas entre Maranhão e Vietnã.

Durante a reunião no Palácio dos Leões, o governador Flávio Dino apresentou as potencialidades econômicas do Maranhão e disse que o estado está aberto para agendas econômicas e sociais que tenham como objetivo o intercâmbio de experiências que gerem oportunidades para todos. “Nós temos muito interesse em apresentar o Maranhão como uma plataforma de entrada para o Vietnã e o sudeste asiático no Brasil”, enfatizou.

Do Ba Khoa agradeceu a recepção no Maranhão e disse que o objetivo da visita é desenvolver laços de cooperação com o estado, a partir do potencial logístico apresentado, nos âmbitos econômicos e turísticos. “Constatamos, depois de discussões ricas com secretários de Estado e da comunidade empresarial que há muitas oportunidades para a cooperação econômica e empresarial”, realçou o embaixador.

A proposta do Governo do Estado é firmar parceria técnica com o país asiático para aumento da produtividade das culturas de arroz, camarão e peixe no Maranhão. A posição estratégica do estado no corredor Centro-Norte e a infraestrutura formada por extensa malha ferroviária e pelo Porto do Itaqui foram destacadas.

De acordo com a Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Energia (Seinc), entre 2015 e 2018 o governo estadual tem investimentos de R$ 1,7 bilhão em infraestrutura para melhoria do escoamento da produção maranhense. Por meio do Programa ‘Mais Produção’, dez cadeias produtivas prioritárias também recebem investimentos estaduais.

Do Ba Khoa sinalizou interesse do Vietnã na importação de feijão, milho e demais grãos para produção de ração animal, além de outros produtos como carne, frango e bebidas. Os principais produtos de exportação do país asiático, segundo o embaixador, são eletroeletrônicos, artigos decorativos, móveis de madeira e o camarão.

Para o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema), Edson Baldez, a cooperação com o Vietnã ajudará no crescimento do estado. “Temos terra boa, água em abundância, energia, gente formada e em condições de formar, além dos recentes investimentos em infraestrutura. Precisamos de tecnologia para somar esforços e desenvolver nosso estado”, afirma.

O presidente da Associação Comercial do Maranhão (ACM), Felipe Mussalém, destaca a parceria do governo estadual com os empresários locais. “O diálogo que o meio empresarial tem hoje com o Governo do Estado é muito salutar. Todo o alinhamento que foi apresentado pelo governo na reunião é também do empresariado”, afirma.

Agenda

As reuniões da embaixada vietinamita com o governo e entidades públicas e privadas continuam até sexta-feira (12). Após encontro com Flávio Dino, a comitiva diplomática segue para reunião com trade turístico local ainda na noite de quarta. Na quinta-feira, Do Ba Khoa visita pólos agrícolas em São Luís, criação de camarão em Bacabeira e instalações do Salangô, projeto de irrigação de terras agrícolas, em São Mateus. Na sexta-feira, o embaixador conhecerá o Laboratório Laqua, desenvolvido pela Universidade Estadual do Maranhão (Uema) para pesquisa de patologias de camarões e outros crustáceos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...