lomadee

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Flávio Dino lidera pesquisa com mais de 20 pontos à frente de Roseana Sarney, diz pesquisa

O governador Flávio Dino lidera a corrida para as eleições 2018 com mais de 20 pontos de vantagem sobre a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) e venceria em primeiro turno em todos os cenários. É o que mostra pesquisa realizada pelo Instituto Data Ilha, entre os dias 28 e 30 de agosto.

Se as eleições para o governo do Estado fossem hoje, Flávio Dino teria 52,47% dos votos, enquanto Roseana teria 30,51%. Brancos e nulos somam 10,74% e 6,27% não sabem ou não responderam.

Em votos válidos a diferença é ainda maior. Flávio Dino aparece com 63,23% dos votos válidos contra 36,77 de Roseana Sarney.

Diferença fixa

Na pesquisa espontânea, Flávio Dino lidera com cerca de 40% das intenções de votos e Roseana Sarney tem menos de 20%. Brancos e nulos 7,18%. Não sabem ou não responderam 28,47%.

O Instituto Data Ilha ouviu 2.104 pessoas em 37 cidades de todas as regiões do Estado. A margem de erro da pesquisa é de 3,3 pontos percentuais para mais ou para menos com intervalos de confiança de 95%

Fonte: Página 2

terça-feira, 5 de setembro de 2017

Governo entrega 52 veículos para reforçar segurança no interior e chega à marca de 620 viaturas policiais


O Sistema de Segurança Pública do Maranhão ganhou o reforço de mais 52 viaturas que reforçarão o policiamento em municípios de todas as regiões do estado. Nesta segunda-feira (4), em solenidade no Palácio Henrique de La Rocque, o governador Flávio Dino entregou os novos veículos com a presença dos comandantes da Polícia Militar das cidades contempladas e dos prefeitos, e reiterou a política voltada para o fortalecimento do municipalismo. Ao todo, o Governo do Estado já entregou 620 novas viaturas no Maranhão.

As 52 novas viaturas policiais serão distribuídas para os municípios que ainda não receberam nenhum dos cerca de 570 veículos distribuídos nos primeiros dois anos do atual Governo. Os novos carros são totalmente adaptados e possuem o mais moderno equipamentos para o uso policial. São picapes com tração 4×4 aptas a enfrentar todos os tipos de terreno do Maranhão.

Em seu discurso, o governador Flávio Dino reforçou que essa entrega compõe um conjunto de ações de apoio aos serviços públicos básicos, fundamentais, em cada um dos municípios. “Nós temos vários programas em curso exatamente mostrando o que eu tenho chamado do novo municipalismo. Que não é um municipalismo apenas de papel, apenas cartorial, de papeis assinados que não são cumpridos. Mas um municipalismo efetivo, com resultados”, ressaltou.

O governador enfatizou que a entrega das viaturas faz parte do “maior programa de modernização da Polícia da história do Maranhão”, apesar das enormes dificuldades fiscais que o Brasil atravessa. “Em muitos estados nesse momento não há munições na polícia, equipamentos básicos e coletes. Há viaturas paralisadas por falta de combustíveis. Há, infelizmente, pessoas que ignoram essas realidades objetivas. Mas nós estamos lidando com ela, convivendo, e, graças a Deus, vencendo-as”, enfatizou Flávio Dino.

Segundo o secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, até o final do ano serão mais de 700 viaturas entregues ao sistema de segurança do estado do Maranhão. Para ele, essa iniciativa é importante sob dois aspectos: a entrega do novo carro e o tipo de carro. “Antes aqui no Maranhão se tinha a entrega de carros tipo passeio, pintado de viatura que era um carro que não tem a potência para os serviços de segurança, para os serviços operacionais de policiamento do estado. Então, além de somar mais carros à frota, a qualidade também é dada. São carros com tração 4×4, tipo picape, que comporta o uso por policiais e também a transferência de presos no compartimento apropriado pra isso”, explicou.

Ainda de acordo com o secretário, a aquisição de veículos apropriados representa economia. “Na medida em que você compra um carro pequeno e pinta de viatura, a tendência dele é quebrar logo nas primeiras ações no interior do estado”, completou Portela.

Outro aspecto realçado pelo secretário de Segurança é que essas novas 150 viaturas que serão entregues neste mesmo lote de compras serão todas destinadas para o interior do estado. “Hoje são entregues as 52 primeiras, mas vamos integrar nos próximos dias 150 viaturas para os municípios do estado do Maranhão. Isso aí com certeza é reforçar a atividade de segurança no interior do estado. O governador sempre diz que policial que está no interior tem que ter a mesma condição de trabalho de policial que está na capital. Para que a gente tenha uma ação sistêmica contra o crime”, afirmou Jefferson Portela.

O presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), Cleomar Tema, hoje os municípios são atendidos em todas as áreas nas ações do Governo, especialmente educação, saúde e segurança. “O governador Flávio Dino entrega carros novos aos prefeitos de 52 municípios, isso é importante. Além do apoio dos municípios na segurança pública. É uma parceria e isso ajuda a manter a segurança nas cidades”, frisou.

Receberão viaturas nesta etapa de entrega os municípios de: Alto Alegre do Maranhão, Amarante, Anapurus, Araguanã, Araioses, Arari, Bacuri, Barão de Grajaú, Boa Vista do Gurupi, Bom Jardim, Brejo, Capinzal do Norte, Coelho Neto, Dom Pedro, Esperantinópolis, Formosa da Serra Negra, Fortaleza dos Nogueiras, Gonçalves Dias, Governador Nunes Freire, Joselândia, Lago da Pedra, Lago Verde, Lima Campos, Matinha, Matões do Norte, Miranda do Norte, Montes Altos, Morros, Nova Olinda do Maranhão, Olinda Nova, Palmeirândia, Paraibano, Pedro do Rosário, Pio XII, Poção de Pedras, Presidente Sarney, Santa Helena, Santa Luzia do Paruá, Santa Quitéria, Santo Amaro, Santo Antônio dos Lopes, São Bento, São Domingos do Azeitão, São Luís Gonzaga, São Pedro da Água Branca, São Raimundo das Mangabeiras, Senador La Rocque, Sítio Novo, Turiaçu, Tutoia, Urbano Santos e Vitorino Freire.

174 hectares de soja são destruídos em São Félix de Balsas para impedir Ferrugem Asiática da Soja


Com o objetivo de impedir a proliferação da Ferrugem Asiática da Soja na região sul do estado, a Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (Aged-MA) destruiu 174 hectares de plantação de soja irrigada em propriedade rural localizada no município de São Félix de Balsas. A ação evita a contaminação das fazendas vizinhas e o comprometimento da produção do estado.

A medida aconteceu para fazer valer o ‘vazio sanitário da soja’, que começou no dia 1º de agosto e vai até o dia 30 de setembro, com a finalidade de quebrar o ciclo de vida do fungo que causa a doença. Atende a manifestação pública do Grupo Regional de Controle da Ferrugem Asiática da Soja da Região de Balsas e visa preservar a cultura da soja, plantio importante para a economia do Maranhão.

O trabalho foi realizado por fiscais estaduais agropecuários das unidades regionais da Aged-MA de Balsas e São João dos Patos com o apoio da Polícia Militar do Maranhão (PMMA). Cumpre medidas de caráter técnico e administrativa de controle e erradicação da Ferrugem Asiática da Soja. A destruição do plantio foi por meio de controle químico e mecânico, de acordo com o que estabelece a legislação vigente, em duas áreas pivôs de soja, uma de 91 hectares e a segunda de 83 hectares.

O gestor da Unidade Regional de Balsas, Eugênio Pires, ressaltou que, de acordo com a portaria nº 143, de 12 de Abril de 2013, a atividade de cultivo de soja é proibida durante o período de 1º de agosto a 30 de setembro no sul do estado, por isso as ações de fiscalização são intensificadas e a destruição dos hectares evita a proliferação da Ferrugem Asiática para propriedades vizinhas.

“Apuramos uma denúncia apresentada à ouvidoria da Aged-MA de que, no município de São Félix de Balsas, estaria sendo cultivada em dois pivôs centrais soja durante o vazio sanitário vegetal. Constatada a veracidade da denúncia realizamos a destruição da soja. Consideramos um sucesso a fiscalização do vazio deste ano por essa e por todas as fiscalizações que estamos realizando, pois sabemos da importância socioeconômica da cultura da soja para o Estado do Maranhão”, explicou Eugênio Pires.


segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Avanços do Empresa Fácil são apresentados ao Conselho Deliberativo do Sebrae


O presidente da Junta Comercial do Estado do Maranhão (Jucema), Sérgio Sombra, foi o convidado do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Maranhão (Sebrae/MA), para participar da reunião do Conselho Deliberativo da entidade realizada na última quinta-feira (31). Na oportunidade, ele apresentou os avanços da Rede Nacional para Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim), sistema intitulado e criado pelo Governo do Estado de ‘Empresa Fácil’.

No encontro foram exibidos o quantitativo de municípios integrados ao sistema que já soma 173 cidades, assim como o nível de integração com órgãos licenciadores. Sérgio Sombra traçou, ainda, um panorama das melhorias dos procedimentos implantados pela Jucema e apresentou as metas do órgão previstas para os próximos meses.

“Nosso objetivo é atender às expectativas dos nossos clientes de um serviço bem executado, fácil, seguro e rápido. O ‘Empresa Fácil’ é o carro chefe dessas mudanças que implementamos para tonar o registro empresarial mais simplificado. São avanços que mudam a percepção dos clientes e mostram que ele não precisa mais esperar por um serviço burocrático dos órgãos públicos”, explicou o gestor reforçando que projetos concluídos como a digitalização de todo acervo contaram com o apoio do Sebrae/MA.

O presidente da Jucema lembrou que o sistema já beneficia mais de 227 mil empresas no estado, o que representa um alcance de 93% da classe empresarial maranhense. “Trata-se de uma meta estabelecida pelo governador Flavio Dino, que estamos empenhados em cumprir até final deste ano com a implantação do Empresa Fácil em todos os 217 municípios”, enfatizou.

Ao agradecer pela explanação, o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae/MA, Edílson Baldez, ressaltou os avanços da Jucema e disse ser incontestável a melhoria dos serviços prestados pelo órgão. “Essas medidas tem um impacto positivo no dia a dia das empresas locais. Sabemos que são resultados fruto de uma gestão comprometida e capacitada”, enalteceu Baldez.

Fizeram parte da reunião membros do Conselho Deliberativo representantes do Sebrae Nacional, Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Energia (Seinc), Senai-MA, Federação das Associações Empresariais do Maranhão, Federação da Agricultura e Pecuária do Maranhão, Associação Comercial do Maranhão, Federação das Câmaras Dirigentes Lojitas (FCDL), Banco do Brasil, Banco do Nordeste e Ceape.

domingo, 3 de setembro de 2017

Governo do Maranhão cumpre agenda na China e avança nos debates sobre empreendimentos no estado


O vice-governador Carlos Brandão está em Pequim, na China, desde quinta-feira (31), coordenando uma comitiva de maranhense que cumpre, até o início da próxima semana, agenda de trabalho com setores públicos e empresarias com o objetivo de consolidar novos investimentos no Maranhão. Os secretários estaduais Pierre Januário (Programas Especiais) e Simplício Araújo (Indústria e Comércio) integram a comitiva.

Os representantes do governo maranhense participam de debates voltados para empreendimentos que podem incrementar o desenvolvimento do estado. Um exemplo é o ‘Brazil + China Challenge 2017’, evento que reúne pensadores como o senador Cristovam Buarque; o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio; o ex-secretário nacional de Justiça, Beto Vasconcelos, dentre outras personalidades brasileiras e chinesas.

Em pauta, discussões envolvendo governança, mobilidade urbana, desafios estruturais e demais temas contemporâneos que podem garantir transformações essenciais nos países participantes das discussões. O Maranhão foi convidado a fazer parte dos debates coletivos e deve dar a sua contribuição até o último dia do evento. Paralelamente, a comitiva maranhense também tem cumprido compromissos que dizem respeito a novos investimentos para os ramos da siderurgia e da refinaria-petroquímica.

Agenda
No primeiro dia em Pequim, os maranhenses conversaram com membros da ‘New Development Bank’, da China Huanqiu Contracting & Engineering Co., Ltd. (HQC) e do grupo Sinopec. Todas as conversações tiveram como pano de fundo a cooptação de investidores e fontes de recursos para grandes empreendimentos no Maranhão. Algumas destas agendas contaram, também, com a presença do deputado federal José Reinaldo Tavares e de membros da empresa do ramo da siderurgia que deve se instalar em nosso estado, a CBSteel.

Um dos debates mais importantes envolvendo o Maranhão, sempre realizados sob a coordenação do vice-governador Carlos Brandão, foi sobre a refinaria-petroquímica que está, agora, em fase final de escolha de um parceiro tecnológico e operacional. Nos bastidores, existe uma forte disputa entre a Índia e a China. Os indianos estiveram pelo menos duas vezes no Maranhão e expressaram o mais forte interesse em assumir o comando da instalação da refinaria-petroquímica. Atualmente, são pelo menos quatro grupos distintos da Índia que vem trabalhando há mais de um ano em toda a parte técnica, inclusive tendo completado estudos e apresentado propostas.

A China, no momento, está à frente das propostas de investimentos com as melhores soluções. Em especial, por conta dos amplos debates que realiza com gestores do Maranhão, além da afinidade política que existe entre os governos, agora assumindo contornos mais definitivos. O vice-governador Carlos Brandão e os secretários de Estado estiveram com as duas mais importantes empresas da China (Sinopec e HQC), as únicas duas em todo o mundo capazes de realizar, sozinhas, a engenharia, a construção, a fabricação dos equipamentos e a operação de uma refinaria-petroquímica.

De acordo com o vice-governador Carlos Brandão, a Sinopec é a alternativa mais consistente, no momento. “Trata-se da maior empresa chinesa em faturamento, a maior empresa de petróleo do mundo também em faturamento, atingindo 283,6 bilhões de dólares anuais. É a maior empresa verticalmente integrada de refino e petroquímico do globo, incluindo no mesmo grupo de tecnologias de refino e petroquímica, engenharia de refino e petroquímica, construção de refinarias e petroquímicas, equipamentos para refinarias e petroquímicas bem como operações de plantas de refinarias e petroquímicas”, pontuou, otimista, o vice-governador. Contudo, ele afirmou que as portas não estão fechadas e as discussões seguem democraticamente.

O secretário Simplício Araújo lembrou que a Sinopec foi a empresa internacional com grandes investimentos no Brasil, tendo aportado mais de 12 bilhões de doláres em apenas dois investimentos no setor de upstream (parte da cadeia produtiva que antecede o refino). “Vale notar que a Sinopec é a empresa chinesa com maior presença no Irã, parte essencial da refinaria-petroquímica que deve protagonizar estadia no Maranhão”.

O vice-governador tem recebido o interesse de outras empresas de regiões como o Oriente Médio, Europa e também dos Estados Unidos. Porém, atualmente, o grande foco é definir entre a Índia e a China, campeãs na expertise voltadas para estes setores de desenvolvimento. Pequim, capital da China, tem sido o palco das negociações durante a passagem da comitiva maranhense no país asiático, durante o evento ‘Invest in Brazil’. O alto nível das negociações inclui o aval do presidente Michel Temer e do presidente Xi Jinping para novos investimentos entre Brasil e China. O Maranhão está entre os onze grandes projetos encarados como prioritários para ambas as nações.

No momento, o Maranhão desponta como o estado brasileiro que mais atrai o olhar de renomados investidores. Para o secretário de Programas Especiais, Pierre Januário, esse fato reflete o esforço do governo maranhense em sanar questões que geralmente empacaram as chegadas de empreendimentos expressivos ao estado, ao longo da história, como é o caso de questões vinculadas ao meio ambiente, tributos, infraestrutura e política comercial.

“Estamos empenhados em viabilizar todo o apoio aos investidores para que possam transitar da melhor forma possível para dialogar com o Governo do Maranhão e realizar os seus projetos com toda prioridade e excelência que eles exigirem”, reforçou o secretário de Programas Especiais. A comitiva maranhense liderada pelo vice-governador Carlos Brandão participará da cerimônia de assinatura de atos, prevista para este sábado (2), que compreenderá a Lei de Incentivos Fiscais à CBSteel.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...