lomadee

sábado, 24 de fevereiro de 2018

Parque Ambiental de Balsas recebe vistoria técnica da Secretaria de Meio Ambiente


O Governo do Estado está concluindo os serviços de instalação do Parque Ambiental Centenário, no município de Balsas, no Sul do Maranhão. O secretário de Estado de Meio Ambiente, Marcelo Coelho, vistoriou as obras que estão sendo realizadas no parque e anunciou que o espaço será inaugurado no dia 22 de março deste ano, quando a cidade completará seus 100 anos.

A instalação do parque garantirá a preservação de área de 6,65 hectares, localizada às margens da rodovia Transamazônica, com fauna e flora nativas da região. O espaço será uma área de lazer, com praça de eventos, quadras poliesportivas, playground, academia ao ar livre, pista de caminhada, ciclovia, área para skate, áreas sombreadas e ambiente com espécies nativas da região.

“Estamos em fase de acabamento das obras. Destaco que devemos incentivar a interação da população com a natureza para que desenvolvam o sentimento de proteção e cuidado pelo meio ambiente, além de favorecer o lazer e a prática de esportes para uma melhor qualidade de vida da população”, disse o secretário.

O prefeito Erik Costa disse que é importante haver na cidade um espaço que una ações de lazer e de preservação ambiental. “Há tempos Balsas precisava de um espaço de convivência dedicado ao lazer e diversão. Agradeço ao secretário Marcelo, que muito se empenhou para que esse momento acontecesse”.

sábado, 17 de fevereiro de 2018

Governo lança editais para contratação de professores para educação indígena e educação prisional


O Governo do Maranhão divulgou, nesta sexta-feira (16), editais de processos seletivos simplificados para contratação temporária de professores indígenas Awá Guajá e Ka’apo, para atuarem na Educação Básica, nos municípios de Bom Jardim/URE Santa Inês e Centro do Guilherme, Centro Novo do Maranhão e Santa Luzia do Paruá/URE Zé Doca e para professores para atuarem na Educação Básica, nos cursos do Ensino Fundamental e Médio na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos, nas Unidades Prisionais e em cumprimento de Medidas Socioeducativas.

Ao todo, estão sendo disponibilizadas 21 vagas para professores indígenas da etnia Awá Guajá e/ou Ka’apor, e 154 vagas para professores de Educação Básica. As inscrições serão gratuitas e devem ser realizadas a partir das 0h de terça-feira (20) até às 23h59 do dia 23 (sexta-feira), exclusivamente pelo endereço eletrônico da Secretaria de Estado da Educação (http://www.educacao.ma.gov.br/seletivos-2018/).

O candidato deverá preencher a ficha de inscrição, disponibilizada no portal da Seduc, e entregá-la junto com os documentos e títulos, no período de 20 a 26 de fevereiro, das 13h às 19h, conforme endereços indicados nos editais dos seletivos, também disponíveis em www.educacao.ma.gov.br.

O processo seletivo para professores da educação indígena será composto de avaliação de experiência profissional docente, comprovada por documento emitido pelo responsável pela escola indígena e atestado pelo gestor das URE’s de Santa Inês e/ou Zé Doca, conforme município pleiteado pelo candidato, em etapa única e não haverá pagamento de taxa de inscrição. Os candidatos aprovados, dentro do limite de vagas, serão contratados pela Seduc em regime de 20 horas de trabalho semanais.

Já o processo seletivo para professores da educação prisional será realizado em etapa única e será composto de avaliação curricular de títulos e experiência profissional docente na Educação de Jovens e Adultos e no Sistema Prisional e/ou de Medidas Socioeducativas. Os aprovados, dentro do limite de vagas, serão contratados pela Seduc, também, em regime de 20 horas de trabalho semanais.

A divulgação do resultado parcial dos seletivos está prevista para o dia 14 de março. Já a homologação do resultado final para professores da educação indígena está prevista para o dia 22 de março, e para professores da educação prisional, para o dia 23 de março de 2018.

A Seduc informa, ainda, que o processo seletivo ocorre sem prejuízos ao concurso público já previsto para este ano. Confira mais informações acessando aqui: http://www.educacao.ma.gov.br/seletivos-2018/


terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

Governo reforça combate à febre amarela em 22 municípios maranhenses


A população de 22 municípios e 53 localidades rurais das regiões de saúde de Balsas, Barra do Corda, Imperatriz, São João dos Patos e Rosário foram vacinadas contra febre amarela. A ação do Governo do Estado é realizada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), em parceria com as prefeituras municipais e visa evitar surtos da doença no Maranhão.

O reforço de vacinação contra febre amarela foi iniciado no dia 28 de janeiro com o envio de cinco equipes da Superintendência de Epidemiologia e Controle de Doenças, vinculada à Secretaria de Estado da Saúde (SES), para as regiões de saúde de Balsas, Barra do Corda, Imperatriz, São João dos Patos e Rosário com a finalidade de aumentar a cobertura vacinal destas zonas consideradas endêmicas (áreas silvestres, mata, zonas rurais) no Maranhão.

As equipes destacadas para garantir a imunização de pessoas nas áreas rurais dos municípios prioritários são formadas por veterinários, enfermeiros, vacinadores e técnicos, que contam com o apoio logístico de dez veículos disponibilizados pelo Governo do Maranhão como parte da estratégia de garantir a vacinação, considerada a forma mais eficaz de prevenção contra a febre amarela.

Segundo a superintendente de Epidemiologia e Controle de Doenças da SES, Maria das Graças Lírio, o trabalho das equipes de epidemiologia integra um esforço maior das autoridades para erradicar a doença e continuará até o fim dos surtos pelo país. “A perspectiva é que estas ações permaneçam pelo tempo necessário, com o revezamento das equipes de saúde da SES, até que se resolvam os surtos que ocorrem no País. Informamos que até o momento, o Maranhão permanece sem nenhum caso de febre amarela”, ressalta.

Ações em cinco regiões de saúde

Durante o período de 29 de janeiro a 2 de fevereiro, as equipes da Superintendência de Epidemiologia e Controle de Doenças vacinaram 870 pessoas, além de realizarem ações de busca ativa que resultaram na identificação de dois casos de epizootias de Primatas Não Humanos (morte de macacos), sendo um no município de Alto Parnaíba e um no município de Carolina. Os óbitos dos animais foram investigados, mas nenhum indicio que apontasse para casos de febre amarela foi identificado.

A chefe do Departamento de Imunização da SES, Helena Almeida, disse que nas áreas de notificação de morte de macacos, as secretarias de saúde foram orientadas a vacinar preventivamente as pessoas não vacinadas. “A forma mais eficaz de prevenção é a vacina, administrada em dose única a partir dos 9 meses de idade. A imunização oferece total proteção contra a doença, que pode ter curta duração ou evoluir para formas graves e levar até mesmo à morte”, alertou.

Em 2017, o Governo do Estado distribuiu aos municípios 711.230 doses de vacina com insumos (seringas e agulhas). Até 1º de fevereiro de 2018 já foram distribuídas 77.700 doses, estando todas as regionais de Saúde abastecidas.

A Febre Amarela

A febre amarela é uma doença infecciosa aguda, transmitida por mosquitos pertencentes às espécies Aedes aegypti e Haemagogus infectados por um arbovírus do gênero flavivírus. A doença é de curta duração, no máximo dez dias, e tem gravidade variável.

Os sintomas da doença são febre, dor de cabeça, calafrios, vômito, dores no corpo e náuseas. Nos casos mais graves há hemorragias, além de olhos e pele ficarem amarelados. A vacina é gratuita e está disponível nas salas de vacinação dos postos de saúde do Maranhão.

Por estar na área de recomendação de vacina desde de 1994, as ações de imunização estão disponíveis permanentemente durante todo o ano, não devendo faltar vacinas, agulhas e seringas nos postos para o atendimento de rotina. Vale lembrar que é necessário apenas uma dose durante toda a vida.

Quem deve se vacinar?


Crianças maiores de 9 meses já devem ser vacinadas

Pessoas que irão viajar para locais de risco no país (10 dias antes)

Pessoas que irão viajar para países que exigem o certificado internacional de vacinação – 10 dias antes da viagem

Pessoas que nunca se vacinaram ou que não tem comprovação da vacina

Casos especiais que precisam de avaliação e indicação médica:

Grávidas em qualquer idade gestacional

Mulheres que estão amamentando até 6 meses

Idosos acima de 60 anos

Pessoas em tratamento de câncer

Pessoas com doenças como: aids, lúpus, diabetes e outras doenças crônicas

Pessoas que fizeram transplantes de órgãos

Alérgicos a ovo

quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Polícia desarticula quadrilha vinda de Minas Gerais para explodir banco em Balsas


Uma ação conjunta das Policias Civil e Militar da cidade de Balsas conseguiu desarticular na manhã desta quinta-feira (26) uma quadrilha de assaltantes de banco. Oriundos do estado de Minas Gerais, estavam com planos de explodir uma agência bancária na cidade de Balsas no mesmo dia.

De acordo com o Comandante Tenente Coronel do 4° Batalhão da Polícia Militar, Juarez Medeiros, as informações foram obtidas pelo Serviço de Inteligência da Polícia Militar de Minas Gerais, relatando que o bando planejava explodir uma agencia bancária na cidade.

O Serviço de Inteligência da Polícia Militar de Balsas conseguiu então localizar o veículo vindo de Minas Gerais. Após o monitoramento minucioso de quatro dias, foi possível localizar a residência onde o grupo estava.

Na manhã desta quinta, o delegado regional de Polícia Civil de Balsas, Fagno Vieira, requisitou mandado de busca e apreensão na residência, sendo atendido pelo juiz da cidade.

Foi montada uma operação com policiais do Grupo de Operações Especiais (GOE) e Força Tática, obtendo êxito na prisão dessa quadrilha. No domicílio foi encontrada uma grande quantidade de pólvora, com a qual seriam feitos explosivos.

Havia uma mulher entre eles, natural de Balsas. Os demais vieram de Uberlândia.

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Sebrae/MA inicia ações para implantação do turismo de observação de aves na Chapada das Mesas


Fomentar a observação de aves como potencial turístico na Chapada das Mesas. Esse propósito, que ganhou asas por meio do Roteiro Turístico Integrado Chapada das Mesas será lançado a comunidade dia 28 de Agosto em Carolina. A região de Carolina e Riachão é constantemente procurada por turistas de todo o mundo, quem vem em busca de tranquilidade e lindas paisagens.

Desta forma as empresas que atuam no segmento turístico, como hotéis, restaurantes, agências de turismo e afins, devem buscar profissionalização e novos nichos de atuação para diversificarem sua oferta turística e assim poderem atender e aproveitar as oportunidades do mercado. Entre os muitos segmentos do ecoturismo, a observação de aves ou birdwatching se destaca por ser uma atividade de recreação ao ar livre economicamente viável, educacional e compatível com a preservação ambiental. Consiste basicamente em colecionar registros visuais ou auditivos das aves na natureza, utilizando‑se binóculos e gravadores, e está orientada por meio de uma filosofia específica.

Para Maurício Lima, gerente da Unidade Regional do Sebrae em Balsas, o produto birdwatching trás para o destino Chapada das Mesas a possibilidade de diferenciação no mercado de turismo, visto alcançar um nicho onde os turistas possuem consciência ambiental, viajam em pequenos grupos e gastam mais. ‘’Isto trará um diferencial competitivo enorme para a Chapada das Mesas além, é claro, de ser uma iniciativa pioneira no Estado do Maranhão’’, afirmou Maurício.


sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Mais Asfalto em Balsas está com 70% dos serviços executados


Os serviços de pavimentação e recuperação de ruas em Balsas, no Sul do Maranhão já estão 70% concluídos. Nesta etapa as obras estão sendo realizadas em 25 ruas, distribuídas entre os bairros São Felix, Trizidela, Potos, Vivenda dos Potos, Manuel Novo, Açucena, Catumbi, Cohabi I e Centro.

São 87.057 pessoas beneficiadas com a pavimentação, que faz parte do Programa Mais Asfalto Vias Urbanas, executado pela Secretaria de Estado da Infraestrutura. De acordo com Clayton Noleto, o objetivo da ação é levar mais qualidade de vida aos balsenses. “O Mais Asfalto leva dignidade às pessoas, tira a poeira e a lama da porta das casas, evita doenças e facilita o acesso aos serviços públicos”, explicou Clayton Noleto.

Além de melhorar a mobilidade urbana, o asfalto ajuda a impulsionar o comércio local. “O asfalto trouxe melhoria muito grande para o meu estabelecimento e de outros comércios da rua. Aqui estava muito ruim para. Os clientes se incomodavam com a poeira. Graças a Deus, o Governo do Estado ajudou a gente”, disse o cabeleireiro, Bento Júnior.

Outras cidades da Região Tocantina também recebem um reforço de infraestrutura na malha viária urbana, como Balsas, Carolina, Imperatriz, Açailândia e Buriticupu, alcançando mais de 489.037 moradores. Na maior parte destes municípios, já foram realizadas outras etapas do Mais Asfalto.

Mais investimentos

A cidade já recebeu outros investimentos na infraestrutura. Em outras etapas do Mais Asfalto, diversas ruas foram atendidas, entre elas a Avenida do Contorno, trecho urbano da MA-006 que passa dentro de Balsas. No trecho foram realizados três quilômetros de pavimentação, 850 metros de drenagem profunda e 2.500 metros de drenagem superficial. Esta obra resolveu um problema histórico de alagamento, que há décadas incomodava os moradores.

Na educação, houve a reforma de duas escolas: o Centro de Ensino Padre Fábio Bertognolli e o Maria do Socorro Coelho Cabral e na saúde está sendo construído uma, em uma área de 4 mil m², um Hospital Regional com capacidade para atendimento de média e alta complexidade, com previsão de conclusão ainda para este ano.

quinta-feira, 6 de julho de 2017

Caravana Empresarial auxilia desenvolvimento de Balsas e apoia empresários


Com grande procura por parte dos empresários dos mais diversos setores, a Caravana para o Desenvolvimento Empresarial foi um grande sucesso na passagem por Balsas, nesta quarta (5) e quinta-feira (6). O público pôde ter acesso a serviços e informações, dialogar com secretários e representantes de órgãos do Governo do Estado e, ainda, apresentar demandas e pleitos para impulsionar os negócios e a economia da cidade, que tem papel de destaque no cenário maranhense.

O secretário de Estado de Governo, Antônio Nunes, coordenou as ações da Caravana e destacou a importância da ampla participação do empresariado local na extensa agenda organizada pela gestão estadual. “O balanço do evento é muito positivo e mais uma vez reforça que o Governo está no caminho certo, que é de se aproximar do empresariado. Tivemos a reunião com as lideranças da CDL, visitamos o comércio local e tivemos reunião com produtores de grãos, algo que é muito específico da região”, destacou o secretário Antônio Nunes.

No primeiro dia de evento, além do encontro importante com empresários e a visita a estabelecimentos do município, os titulares e representantes de órgãos do Estado realizaram a abertura oficial do evento, que aconteceu na noite de quarta-feira (5), quando apresentaram os investimentos e ações do Governo do Estado e participaram de plenária ampliada com a classe empresarial, que lotou o auditório onde foi realizado o evento.

“É muito importante essa presença física do Estado, principalmente conversando com a classe empresarial, que gera emprego, renda e oportunidades. É importante tirar as dúvidas, mostrar os programas que existem, que são inúmeros, e às vezes, até pela distância geográfica, nem todo mundo tem conhecimento. Esta presença maciça aqui neste evento, surpreendendo a todos nós, mostra que quem produz, quem gera emprego e renda, está interessado em contribuir e participar do processo de crescimento do Maranhão”, pontuou o secretário de Estado de Agricultura, Pesca e Pecuária, Márcio Honaiser.

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas, Manoel Santos, acompanhou todas as atividades realizadas durante a Caravana e acredita que aproximação do Governo com o comércio é importante para entender às necessidades de cada setor e juntos encontrar estratégias para superar o momento de crise econômica que o país atravessa.

O prefeito de Balsas, Erik Silva, também aprova a aproximação. “A gente considera muito importante esse tipo de encontro, o Governo do Estado vindo in loco discutir com a classe empresarial, com os comerciantes, com a sociedade de um modo geral, procurando soluções para problemas enfrentados ao longo do tempo, com muita transparência. Balsas está no sul do Maranhão, a 850 km da capital, e se sente tão orgulhosa de receber tantos secretários aqui, valorizando nossa região e mostrando interesse em fazer com que continuemos crescendo. Balsas é uma cidade economicamente forte e precisa dessa parceria, desse entendimento para continuar crescendo”, afirmou.

Serviços

Durante esta quinta-feira foram oferecidos serviços diversos. A Junta Comercial do Maranhão (Jucema), além de disponibilizar informações para simplificar serviços relacionados ao registro de empresas, ainda inaugurou em Balsas o Seminário Empresa Fácil. “Mais um serviço importante que o Governo do Estado traz para Caravana é um seminário voltado para os contabilistas, que busca principalmente tirar dúvidas sobre o sistema do Empresa Fácil, que facilita a abertura, alteração e baixa de empresas”, informou o presidente da Jucema, Sergio Sombra.

Entre os serviços oferecidos, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) também esteve presente prestando apoio ao licenciamento ambiental, explicando os procedimentos para aquisição e acompanhamento da expedição do documento. Além disso, o empresariado pôde obter mais informações e se inscrever em importantes programas do Governo.

Entre os programas estão: Maranhão Juros Zero, onde a gestão faz convênio com entidade financeira para conceder crédito de até R$ 20 mil sem juros; Mais Empresas, que concede redução da carga tributária ao empresário que deseja instalar ou ampliar seu negócio; Maranhão Mais Produtivo, que auxilia o empreendedor a planejar e estruturar o acesso da sua empresa a novos mercados; e o Mais Empregos, em que a cada novo emprego gerado, o Governo concede crédito de R$ 500 no Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Também esteve presente no evento o Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial do Maranhão (Inmeq-MA), realizando atendimento e palestras.

Diante da gama de serviços ofertados, a microempresária Lúcia Gonzaga, que tem uma pequena empresa no ramo de vestuário, foi procurar informações para impulsionar os negócios. “Esse investimento é muito bom para o pequeno empreendedor, que já tem seu negócio e vai ajudar a melhorar. E este é meu caso, eu já tenho minha empresa cadastrada, tudo direitinho, mas me falta esse recurso para aperfeiçoar, para ter um funcionário, para investir mais. Então, eu vim em busca de informações e consegui e gostei do atendimento, estão de parabéns por esta iniciativa”, destacou a empreendedora.

Fonte: Governo do Maranhão

quinta-feira, 29 de junho de 2017

Profissionais de saúde são qualificados para o projeto Zero Morte Materna


Com investimentos em diversas ações para o fortalecimento da rede materno-infantil, a parceria do Governo do Estado, Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e a Organização Mundial da Saúde (OMS) permitirá também a intensificação do fortalecimento da assistência e de boas práticas na atenção ao parto e nascimento, com o desenvolvimento do projeto Zero Morte Materna, inicialmente, na região Tocantina.

Em Imperatriz, esta semana, técnicos da Saúde participaram da I Oficina Estadual Zero Morte Materna por Hemorragia. A oficina é a primeira de um total de seis e reuniu, na primeira edição, profissionais que trabalham diretamente na assistência ao parto e nascimento, entre eles médicos e enfermeiros obstetras do Estado.

A 1º Oficina contemplou profissionais das regiões de Açailândia, Balsas, Barra do Corda e Imperatriz, qualificando assim os Hospitais e Maternidade do Sul do Maranhão, para o enfrentamento das hemorragias pós-parto.

O Governo do Estado assumiu o compromisso com a redução da mortalidade e morbidade materna e uma série de ações têm sido implementadas pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) na área. O desenvolvimento do projeto Zero Morte Materna busca fortalecer as competências dos profissionais para melhorar a qualidade da atenção às mulheres em situação de hemorragia pós-parto.

“O projeto Zero Morte Materna é uma forma de buscarmos eliminar os casos de mortalidade materna por hemorragia que ainda acontecem, não somente aqui no Maranhão, mas no Brasil. Então, durante o treinamento os profissionais estão se atualizando quanto aos protocolos de atendimentos para pacientes nesta condição, para que quando casos como esses venham a acontecer, eles estejam preparados para combater a hemorragia e salvar a paciente”, explicou o secretário adjunto da Política de Atenção Primária e Vigilância em Saúde , Marcelo Rosa.

Mais de 70 profissionais participam do treinamento, que também será realizado em outras regionais do estado. “O objetivo da Secretaria da Saúde é cobrir todo nosso território com essas oficinas, então, além de Imperatriz, estamos definindo mais 3 ou 4 regionais para realizar o treinamento com os profissionais e deixar nossas equipes de atenção à saúde da mulher devidamente capacitadas”, disse Marcelo Rosa.

Oficina

A oficina trata do treinamento em técnicas de manutenção e manejo em hemorragia pós parto. Nesta terça-feira (26) e quarta-feira (27), em Imperatriz, a capacitação incluiu abordagens sobre intervenções exitosas de promoção, prevenção, diagnóstico e tratamento de hemorragias com o objetivo de reduzir mortes maternas por essa causa.

A médica Débora Bagatin é uma das 70 profissionais que participou da oficina. “É muito importante a iniciativa, porque ele vai explicar o manejo, a melhor forma de contribuir com essa mulheres, para que a gente possa salvar a vida delas”, contou.

terça-feira, 27 de junho de 2017

Governo distribui mais de 60 mil litros de biofertilizantes e incentiva produção agroecológica


A agroecologia alia a produção no campo com o uso e conservação dos recursos naturais, por meio de práticas ecologicamente adequadas, acesso à terra e valorização do conhecimento tradicional. No Maranhão, a produção agroecológica é uma característica das propriedades assistidas pelo Programa Agropolos, sobretudo pelo uso do biofertilizante Verdão, desenvolvido pela Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima). Mais de 60 millitros de biofertilizante já foram distribuídos e agora a secretaria vem ensinando os agricultores a produzirem o próprio biofertilizante.

Nos Agropolos da Ilha e do Rio Balsas, já foram realizadas capacitações para técnicos e produtores, com aspectos teóricos e práticos. Na Exposição Agropecuária de Imperatriz (Expoimp), a oficina também será realizada, contemplando os agricultores do Agropolo Rio Tocantins.

Márcio de Souza, técnico da Raposa, participou da oficina e ressaltou a importância de disseminar essa tecnologia, para modificar o costume do uso de agrotóxico. “A oficina foi muito gratificante, por que trouxe um conhecimento mais amplo sobre biofertilizantes e agroecologia. Agora precisamos ser multiplicadores e colocar em prática, pois sabemos que muitos agricultores ainda tem a cultura do uso do agrotóxico e novidades essa precisam ser introduzidas”, disse.

Composto de adubos orgânicos, como esterco bovino e de frango, vegetais diversos, como bananeira e cana de açúcar, rapadura e aceleradores biológicos de compostagem, o Verdão deixa as frutas mais robustas, suculentas e atraentes e as hortaliças com verde mais vivo e surgiu da necessidade de uma solução de baixo custo e alta rentabilidade para recuperação de solos desgastados.

“Estamos sempre buscando alternativas que permitam aos agricultores aumentar sua produção, de forma sustentável e de baixo impacto na renda de cada um deles e o biofertilizante cumpre bem esse papel”, reforça o secretário da Sagrima, Márcio Honaiser

Além disso, com o uso contínuo do Verdão, é possível obter produtos agrícolas mais saudáveis, manter o equilíbrio da natureza, preservando a fauna e os mananciais de águas e aumentar a resistência da planta contra a ocorrência de pragas. Pedro Paz Tolentino, agricultor do Agropolo Rio Balsas, já vai começar a produzir o próprio biofertilizante. “Já temos a maioria dos materiais aqui, daí pedimos só o acelerador. Não vamos ficar na teoria, já vamos testar, porque é mais barato que comprar”, disse.


segunda-feira, 5 de junho de 2017

Acusado de homicídio é condenado a 18 anos de reclusão em Balsas

Em júri promovido pela 3ª vara da comarca de Balsas nessa terça-feira, 30, o réu Alessandro Silva Rodrigues foi condenado a 18 anos de reclusão pelo crime de homicídio praticado contra Vinícius Lima dos Santos. A pena deve ser cumprida em regime inicialmente fechado, na Unidade Prisional de Balsas. Presidiu o julgamento a juíza Nirvana Maria Mourão Barroso, titular da vara.

Segundo a denúncia, o crime, que contou com a participação de outros dois acusados – Willesmar Carvalho de Abreu e Bruno Nunes de Abreu – ocorreu no dia 04 de setembro de 2016, por volta das 17h, no Povoado Correios, no Município.

Ainda segundo a denúncia, na ocasião os denunciados chegaram ao povoado às 10h, para uma vaquejada, e passaram o dia no lugar ingerindo bebidas alcoólicas. Em determinado momento, Alessandro e o denunciado Willesmar, utilizaram uma motocicleta pertencente a Bruno para seguir a vítima. Alcançado pelos perseguidores, Vinícius foi alvejado na altura do pescoço disparado por Alessandro.

À Polícia, o acusado Bruno narrou a participação de cada um dos envolvidos no delito. Segundo ele, o homicídio teria sido motivado por uma dívida de R$ 70 (setenta reais) que a vítima teria com Alessandro. Chateado com a situação, Alessandro teria chamado Willesmar para cobrar a quantia e para continuarem bebendo em outro povoado, Aldeia, para o que teria pedido emprestada a moto de Bruno. Minutos depois, Bruno ouviu o som de dois tiros, tendo se dirigido para o local de onde partiu o som. Lá chegando, tomou conhecimento do ocorrido, ao que pegou a moto de sua propriedade que estava caída no chão, quando teria sido inclusive agredido por populares.


sexta-feira, 2 de junho de 2017

Educação, rodovias e saneamento predominam nas Escutas Territoriais em Pedreiras, Colinas e Balsas


O Governo do Estado deu início, na manhã de quarta-feira (31), a mais uma etapa das Escutas Territoriais e Orçamento Participativo 2018, onde nesse primeiro momento, os maranhenses das cidades de Colinas, Balsas, Pedreiras e adjacências, participaram de debates e discussões diretamente com técnicos do Estado, sobre as demandas que são prioridades em seus territórios. Os trabalhos estão sendo coordenados pelas Secretarias Estaduais de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop) e de Planejamento e Orçamento (Seplan).

Neste primeiro dia de Escutas, na cidade de Pedreiras, o encontro foi realizado na Câmara Municipal e contou com a presença maciça da população, como professores, estudantes, representantes de instituições do poder público e sociedade civil. Vale destacar também, a participação ativa de vários estudantes do 9° ano da Escola Municipal Zeca Branco, onde os alunos já recebem aulas de educação fiscal, aprendendo, desde pequenos, a importância da boa utilização dos recursos.

De acordo com o secretário Francisco Gonçalves, titular da Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), o Governo do Maranhão está na contramão do que está acontecendo no Brasil, onde atualmente estão fragilizando todas as estruturas democráticas. “Reconhecemos que é importante a participação da população nas decisões orçamentárias para que elas não fiquem somente com os técnicos e servidores das instituições públicas. O OP é o esforço do governo em garantir transparência no uso do orçamento público. A outra questão é o controle social com a garantia de que cada cidadão possa participar do controle das contas públicas além de ter um papel pedagógico quando todos podem ficar conhecendo o principal instrumento de execução das decisões públicas, que é o orçamento. O OP também tem um caráter solidário quando realizado em territórios e as decisões vão beneficiar toda uma região e não apenas um grupo ou município”, destacou.

Cláudio Braga, supervisor de Monitoramento e Avaliação da Seplan, ressaltou que as Escutas são instrumentos democráticos de participação popular direta para melhor utilização e distribuição do recurso público. “O momento é fundamental por conta de ajustes fiscais realizados no início do ano, pois o Maranhão foi avaliado como o segundo melhor estado no ranking, e nesse momento estamos priorizando metas para 2018”, disse o representante da Seplan.

As propostas mais votadas pela população que participou deste primeiro dia das Escutas foram: construção de Centro de Estudos Superiores; investimento em infraestrutura de rodovia; saneamento e apoio a produção agrícola; construção de um centro socioeducativo para crianças e adolescentes; melhoria de infraestrutura física das escolas com laboratórios e acesso a internet; pavimentação e conservação das rodovias estaduais do território e abertura de rodovias nos trechos de Feira Nova para Carolina, Formosa da Serra Negra a São Pedro dos Crentes, Sambaíba a Loreto, Loreto a São Félix de Balsas, firmando convênio com os municípios para abertura e conservação das estradas vicinais; implantação do Centro Administrativo de Apoio à regularização da atividade agropecuária do Cerrado Sul; construir e equipar uma unidade regional de assistência e recuperação de adolescentes infratores.

Francisco Rogério Sousa, participou da Escuta Territorial em Pedreiras, elogiou a iniciativa do Governo em ouvir a população. “É de extrema importância esses encontros proporcionados pelas Escutas Territoriais e essa convocação para a sociedade participar da gestão pública. Sou aqui do Médio Mearim, e fico feliz em ver que o Governo está aberto à discussão democrática e popular, o que é um avanço na política pública”, disse.

As três propostas eleitas serão disponibilizadas na plataforma digital, http://www.participa.ma.gov.br, onde a população poderá votar e escolher a prioridade do seu município, que será incluída no orçamento do Governo para o ano de 2018.

As Escutas Territoriais prosseguem nesta sexta-feira (2), nas cidades de Caxias, Grajaú e Bacabal.


quarta-feira, 31 de maio de 2017

Curso preparatório marca encerramento da Semana da Adoção na comarca de Balsas


A realização do "IV Curso Preparatório para Pretendentes a Pais por Adoção" no último sábado, 27, marcou a Semana de Adoção promovida pela 3ª vara da comarca de Balsas. Ao final do encontro, os 31 (trinta e um) inscritos, dentre casais e pretendentes solteiros, receberam certificado de participação.

Palestra proferida pela titular da vara, juíza Nirvana Maria Mourão Barroso, tratou dos aspectos jurídicos da adoção. Equipe psicossocial da unidade formada por psicóloga e assistente social, respectivamente Mônica leite e Ana Sheila Muniz, discorreu sobre os aspectos psicossociais da adoção.

Entre os temas abordados durante o evento, a Lei 12.010/2009, o Processo de habilitação para Adoção, Adoção Tardia, Adoção Interracial, Gestação Simbólica, Mitos acerca da Adoção, Cadastro Nacional e Local de Adoção e demais aspectos sociais e psicológicos sobre a adoção.


Exibição de slides e vídeos e relato de experiência sobre uma adoção tardia realizada na comarca fizeram parte das atividades da Semana.

O juiz Marco André Tavares, titular da 2ª vara da comarca de Balsas marcou presença no evento que contou ainda com a participação de representante da OAB.

Fonte: Poder Judiciário do Maranhão

terça-feira, 23 de maio de 2017

Semana da Infância movimenta comarca de Balsas


Acompanhada da equipe psicossocial da Vara, a titular da 3ª vara de Balsas, juíza Nirvana Maria Mourão Barroso marcou presença na caminhada que percorreu as ruas da cidade no último dia 18 e que teve por objetivo alertar a população para o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes. O evento faz parte das atividades da comarca na Semana da Infância.

Participaram do evento alunos da Escola Municipal Padre Ângelo de Lassalandra, conselheiros tutelares, representantes do Ministério Público, CRAS, CREAS, Secretaria de Educação e Instituição de Acolhimento, entre outros órgãos da Rede de Proteção e Atendimento à Criança e ao Adolescente.

No dia 17, a prevenção ao abuso sexual infantojuvenil foi o tema de palestra ministrada pelas psicóloga e a assistente social do Núcleo Psicossocial da 3ª Vara da comarca, respectivamente Mônica Leite e Ana Sheila Muniz, e que teve como público-alvo crianças e adolescente participantes do programa PREMEVI - Preparando Melhor para a Vida, cujos objetivos são a formação e o crescimento pessoal infantojuvenil.

Exibição de slides, vídeo e debate com os participantes fizeram parte das atividades desenvolvidas na ocasião.


Expedição à Reserva Rio das Balsas faz diagnóstico da nascente do rio e da biodiversidade local


A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema), por meio da equipe da Superintendência de Biodiversidade e Áreas Protegidas, com o apoio do Batalhão de Bombeiros Ambientais do Estado do Maranhão (BBA) e do Laboratório de Geoprocessamento (LabGeo), além de uma equipe multidisciplinar composta por servidores da Sema e colaboradores externos, realizou, no mês de maio, mais uma expedição à Reserva de Recursos Naturais das Nascentes do Rio das Balsas.

Tal ação teve o objetivo de diagnosticar a real situação das nascentes do Rio Balsas e da biodiversidade local, como a avifauna, o inventário florestal nas nascentes, além das características físicas e identificação das unidades litoestratigráficas da região. Tais estudos estão em desenvolvimento pela Sema para viabilizar um diagnóstico mais detalhado da área, e, posteriormente, a atualização dos limites da Unidade de Conservação.

Até o presente momento, foi identificado que, no geral, a vegetação das áreas das nascentes encontra-se em bom estado de conservação, ocorrendo pontuais intervenções, tais como: atividades já consolidadas de plantios de grãos, queimadas e aterramento de veredas/áreas baixas, que também foram catalogadas para fins de investigação por imagens orbitais. Em relação ao estado de conservação de córregos e nascentes, verificou-se que, no que se referem às APP’s, as mesmas encontram-se, preservadas com intervenções pontuais.

Segundo a equipe, a vegetação da área pertence ao Domínio Cerrado, e a vegetação mais próxima à nascente é classificada como Mata de Galeria. Na oportunidade, foi possível identificar espécimes de grande porte, que demonstram sinais de conservação da área. O inventário florestal prévio contempla 21 espécies vegetais amostradas, dentre elas: a amescla, aroeira, bate caixa, buriti, buritirana, cachamorra, canjarana, farinha d’água, farinha seca, grudento.

Na ocasião, foram identificadas algumas fitofisionomias de Cerrado observadas na Reserva de Recursos Naturais da Nascente do Rio das Balsas: Campo sujo, Cerrado sensu stricto, Matas de Galeria e um remanescente de Cerradão. Esta última área apresenta grande relevância ecológica e estudos ambientais mais específicos deverão ser realizados com o intuito de estudar sua Fitossociologia e Diversidade Florestal.

Sobre a biodiversidade da fauna, foi possível detectar 137 espécies de aves, assim, a área se destaca pelo seu potencial de manutenção da avifauna de transição e é considerada de grande importância para manutenção de espécies ameaçadas.

O conhecimento da avifauna dessa região, ainda é uma grande lacuna, sendo necessários mais estudos sistemáticos para o preenchimento da mesma. No entanto, foram detectados grandes bandos de Araras-azuis, espécie ameaçada de extinção, e áreas de nidificação dessa espécie próximas às Áreas de Preservação Permanente (APP). Portanto, outras expedições serão realizadas, com a finalidade de gerar informações mais detalhadas e relevantes que possibilitem o correto manejo da área e, consequentemente, a conservação das espécies e da área.

Segundo a Superintendente de Biodiversidade e Áreas Protegidas, Janaína Dantas, “os estudos em desenvolvimento são imprescindíveis para a conservação da região e poderão subsidiar a adequada gestão da Unidade de Conservação”.

Fonte: Governo do Maranhão

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Detran-MA inaugura pista de provas em Balsas


O Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA) inaugurou nesta quarta-feira (17), na 4ª Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) de Balsas, a nova pista de exames de direção veicular da categoria A, para quem vai tirar carteira para conduzir motocicletas. Estiveram na solenidade, a Diretora Geral do Detran-MA, Larissa Abdalla, o secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Pesca, Márcio Honaiser, o vice-prefeito de Balsas, Celso Henrique Borgneth e o chefe da 4ª Ciretran de Balsas, Arnaldo Gomes.

A Diretora Larissa Abdalla falou da nova pista: “Nós estamos em Balsas para marcar um novo contexto na administração. A pista que inauguramos foi vistoriada, homologada e segue todos os requisitos técnicos exigidos por Lei. Muito mais segurança para examinadores e candidatos”.

Larissa Abdalla também destacou o projeto de estruturação de toda a 4ª Ciretran de Balsas. “Nesse momento, nossos olhos estão voltados para Balsas, estamos trabalhando para concluir o prédio da sede da Ciretran, estruturar o atendimento ao público e treinar para dar maior qualidade na prestação de serviço. Queremos mudar a forma como a sociedade vê o Detran-MA. Caminhar em 4 anos, o que não se caminhou em 50”, falou Larissa.

O secretário de Estado da Agricultura, Pecuária e Pesca, Márcio José Honaiser, destacou que o trabalho do Detran-MA está entre os diversos avanços proporcionados pelo Governo do Maranhão na Região de Balsas. “A inauguração da pista e toda a estruturação desta Ciretran muda o panorama de como o trânsito é tratado em Balsas, melhorando a qualidade de vida da população”, afirmou o secretário.

O chefe da 4ª Ciretran de Balsas, Arnaldo Gomes, enfatizou a importância da inauguração da pista de exames para agilizar os processos de habilitação de toda a região. “A pista para exames de duas rodas é mais uma conquista. Me sinto feliz em saber que é uma melhoria entre muitas outras que virão. O Governo do Estado tem trabalhado para melhorar a prestação de serviço e eu agradeço por toda a atenção dada pelo governador Flávio Dino e pela diretora geral Larissa Abdalla”, declarou o chefe da Ciretran.

Maio Amarelo

Em Balsas, a diretora geral do Detran-MA, Larissa Abdalla também visitou o stand do Detran-MA na 15ª Agrobalsas. O espaço recebeu a temática do Maio Amarelo. Larissa aproveitou para falar da importância da divulgação deste movimento em todo o Brasil: “É um momento muito significativo, as ações que estão sendo desempenhadas em todo o Maranhão, acontecem também em todo o mundo. É importante estarmos em grandes eventos como o Agrobalsas, realizando blitzen e palestras. O trânsito que temos é reflexo das nossas atitudes, esse é o tema da campanha deste ano e deve ser divulgado”.


terça-feira, 16 de maio de 2017

Governador Flávio Dino vistoria obras do Hospital Regional de Balsas


Importante cidade do sul do Maranhão, Balsas recebeu a visita do governador Flávio Dino nesta segunda-feira (15). Em meio a uma ampla agenda – que ainda contou com reunião com prefeitos da região e a abertura da 15ª edição da Agrobalsas – o governador realizou vistoria às obras do Hospital Regional da cidade, que está em fase de conclusão.

O Hospital Regional de Balsas dispõe de 50 leitos, sendo 20 obstétricos, 13 de clínica médica, 13 de pediatria, quatro PPP (pré-parto, parto e puerpério), seis de Unidade de Cuidado Intermediário Neonatal Convencional (UCINCo) e quatro Unidade de Cuidado Intermediário Neonatal Canguru (UCINCa).

A unidade funcionará com leitos clínicos regulados, urgência obstétrica (risco habitual), Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Adulto, pediatria, clínica médica, anestesiologia, enfermagem, nutrição, fisioterapia, serviço social, assim como terapeuta ocupacional, psicólogo e fonoaudiólogo e vai atender não só o município, mas toda a adjacência, alcançando mais de 240 mil pessoas.

“Nós estamos com essa obra quitando uma dívida antiga com a região, que é o hospital com alta complexidade, o hospital regional que é para complementar tudo aquilo que os municípios fazem. O hospital de alta complexidade é aquele em que nos casos mais graves, onde a atenção básica e a média complexidade não resolverem, haverá um encaminhamento dos sistemas municipais de saúde da região para cá, para que sejam feitas cirurgias de grande porte e internações mais complexas. E, infelizmente, nas décadas passadas não houve essa preocupação. Mas priorizamos esse tema e estamos graças a Deus com a obra praticamente pronta, faltando pequenos detalhes de acabamento e vamos inaugurar em dois, três meses”, disse o governador.

A unidade contará também com o Serviço de Apoio Diagnóstico e Tratamento (SADT), que vai disponibilizar atendimento na área de análises clínicas, exames de radiologia, ultrassonografia 24 horas, mamografia, endoscopia, eletrocardiograma, tomografia, agência transfusional, além de cirurgião geral 24 horas por dia.
Com cerca de 80% das obras já adiantadas, segundo parecer técnico da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra), a unidade teve investimento no valor de R$ 14.222.666,53, estão sendo financiadas com recursos do BNDES.

“Aqui em Balsas já temos a presença forte do programa ‘Mais Asfalto’. Já investimos R$ 6 milhões e teremos agora um novo investimento de mais R$ 6 milhões. E agora vistoriamos o hospital macrorregional de balsas, que já está com 80% das obras prontas, e nos próximos dois, três meses será entregue para a população em funcionamento. Mais um equipamento público, dessa vez na área da saúde, que com certeza vai ajudar a melhorar a qualidade de vida da população da região sul”, destacou o secretário de Infraestrutura, Clayton Noleto.

O hospital é um anseio antigo da população do município… “Como prefeito e como médico fico muito satisfeito com a visita do nosso governador aqui no hospital regional. Hoje pude ver que a obra avançou muito. Em breve, Balsas e toda a região vão realizar um grande sonho de ter UTI em nossa cidade. Só tenho a agradecer em nome de toda a população por tudo que o governador tem feito por nossa região”, afirmou o prefeito Erick Silva.

Mais

A agenda do governador em Balsas ainda contemplou o encontro com os gestores para debater demandas da região e a presença do governador na cerimônia de abertura da Agrobalsas, na Fazenda Sol Nascente, BR-230, quilômetro 4. Na ocasião, o governador reforçou o compromisso com a valorização do setor primário e do produtor maranhense, além de apresentar programas de Governo e avanços para o setor.

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Aberto processo seletivo para estágio não obrigatório no MPMA


Está aberto o processo seletivo para admissão e formação de cadastro de reserva de estudantes em estágio não obrigatório para atuação nas unidades do Ministério Público do Maranhão. As inscrições podem ser feitas, exclusivamente pelo site do MPMA, no período de 25 de abril a 5 de maio de 2017. Não será cobrada taxa de inscrição.

Em São Luís, existem vagas de estágio para as áreas de Administração (5), Biblioteconomia (1), Comunicação Social – Jornalismo (1), História (1) e Serviço Social (1). Há, ainda, 10 vagas disponibilizadas para alunos dos cursos profissionalizantes de Eletrônica, Informática e Eletrotécnica.

As cidades de Paço do Lumiar, Carolina e Codó contam com uma vaga, cada, para estudantes de Direito. Em Coroatá, foi disponibilizada uma vaga para Direito e outra para Administração. Em Barra do Corda, existem duas vagas para Administração.

Vagas para a área de Direito foram disponibilizadas também nas cidades de Timon (6), São José de Ribamar (2), Estreito (2), Balsas (4) e Açailândia (3).

No momento da inscrição, o candidato deverá fazer a opção pelo local de lotação. O interessado deverá estar matriculado em uma das instituições de ensino conveniadas com a Procuradoria Geral de Justiça e ter coeficiente de rendimento igual ou superior a 8,00.

Foram reservados 10% das vagas para candidatos com deficiência.

Para o ensino superior, o conteúdo da prova é dividido entre português e conhecimentos gerais. A prova para candidatos do ensino profissionalizante será composta de conhecimentos de português e informática.

O estágio terá duração de um ano podendo ser prorrogado até o limite de dois anos. O estágio firmado com pessoa com deficiência não terá limite temporal, podendo ser prorrogado até a conclusão do curso ou colação de grau.

As provas serão realizadas no dia 25 de junho, nas cidades de São Luís, Açailândia, Balsas, Barra do Corda, Carolina, Codó, Estreito e Timon, com duração máxima de três horas.

A abertura dos portões será às 13h. O início das provas será às 14h e o término às 17h.

Será considerado aprovado o candidato que fizer 50% da prova objetiva e 50% da pontuação de cada disciplina.

segunda-feira, 3 de abril de 2017

Governo do Estado iniciará formação continuada para mais de 3 mil professores pelo programa ‘Mais Ideb’


O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), realiza, a partir desta segunda-feira (3) até ao dia 20, formação continuada para 3.028 mil professores dos componentes curriculares Língua Portuguesa e Matemática, da rede estadual de ensino. São Profissionais de 802 escolas distribuídas entre as 19 Unidades Regionais de Educação (URE’s).

A formação foi uma das solicitações apresentadas à Seduc, pelos professores das escolas da rede estadual de ensino, durante as Escutas Pedagógicas, como um dos mecanismos para a melhoria da qualidade da educação pública no estado. É uma das principais ações do ‘Mais Ideb’, programa criado pelo Governo do Maranhão para articular ações voltadas à melhoria do processo de ensino e aprendizagem, oferecido aos estudantes, e para aprimorar o desempenho das escolas estaduais com vistas à elevação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica.

Com carga horária de 40 horas, sendo 20 horas presenciais e 20 horas à distância, a formação proporciona um alinhamento teórico-prático na área de currículo e avaliação escolar, o que orientará o trabalho dos professores e possibilitará um acompanhamento sistemático das aprendizagens dos alunos.

“Essa formação é uma ação conjunta da Seduc com as UREs e escolas, mediada por profissionais da própria Secretaria com ampla experiência em currículo e avaliação; eles multiplicarão a formação aos demais professores nas UREs, sendo que os mesmos realizarão oficinas nas suas escolas de origem, levando a formação à totalidade dos professores de Língua Portuguesa e Matemática da rede estadual”, explicou Silvana Machado, superintendente de Educação Básica da Seduc e membro do Comitê do Ideb, instituído pela Seduc que planeja, executa e acompanha atividades estratégicas do Governo do Maranhão para elevar os indicadores educacionais do estado.

“A educação recebe investimentos significativos por ser prioridade do governador Flávio Dino, com vistas à elevação da qualidade de vida da população maranhense. Além deste esforço relativo à melhoria dos índices educacionais, através das Escutas Pedagógicas e do ‘Mais Ideb’, por meio das formações para professores em Língua Portuguesa e Matemática, também estão sendo implementadas ações relativas à estrutura física das escolas no âmbito do ‘Escola Digna’. O Governo do Estado está marcando, de forma positiva e inédita, a educação no Maranhão”, pontuou o secretário de Estado de Educação, Felipe Camarão.

Cronograma de Formação

Nesta segunda (3) e terça-feira (4) – na URE’s de Barra do Corda, Imperatriz, Balsas e Timon;

06 e 07 – URE´s de Presidente Dutra, Açailândia, São João dos Patos, Caxias e Codó;

10 e 11 – URE’s de São Luís, Rosário e Pedreiras;

17 e 18 – URE’s de Viana, Chapadinha e Santa Inês;

18 e 19 – URE de Bacabal;

19 e 20 – URE’s de Pinheiro, Itapecuru e Zé Doca.


sexta-feira, 31 de março de 2017

Risa apresenta projeto inovador para pesquisadores de mais de 20 países


A empresa Risa S/A apresentou nessa sexta-feira, 31, a pesquisadores de vários países e a representantes da FAPCEN (Fundação de Apoio a Pesquisa do Corredor de Exportação Norte), o projeto inovador Sistema São José. A apresentação aconteceu  na Fazenda Roseira, na divisa dos municípios de Balsas, Fortaleza dos Nogueiras e São Raimundo das Mangabeiras. O projeto será apresentado ao público no dia 15 de abril, durante o RISADFALM 2017, que também será realizado na fazenda.

Durante a visita, os pesquisadores participaram ainda de uma rodada a campo, onde conheceram um pouco das áreas da segunda safra, "o milho safrinha", finalizando a roda na área experimental do evento RISADFALM.

A fazenda Roseira é uma das seis fazenda do grupo Risa, que cultiva 88 mil hectares de grãos, 58 mil de soja e 30 mil de milho, no Maranhão e Piauí.





Com informações do Grupo Risa 

quinta-feira, 30 de março de 2017

Aged recolhe embalagens de agrotóxicos em Balsas


A Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (Aged-MA) iniciou, na terça-feira (28), em Balsas, uma ação de fiscalização para combater o descarte indevido de embalagens vazias de agrotóxicos em propriedades da zona rural no município. A ação aconteceu depois de denúncia no escritório da unidade da Agência nesse município do sul do Maranhão.

Na propriedade rural denunciada, localizada no povoado São Cristóvão, na BR 230, foram encontradas 145 embalagens de agrotóxicos vazias, descartadas irregularmente sem realizar a tríplice lavagem e em desacordo com a orientação do fabricante. Desse total, 117 foram encontradas em um açude que abastece o riacho Tanque, que é utilizado por diversas famílias que residem nas proximidades. Outras 28 estavam na sede da propriedade, sendo reutilizadas para armazenar sabão líquido.

O proprietário, já identificado, será autuado por descarte irregular de embalagens vazias de agrotóxicos e responderá processo administrativo, além de ser multado no valor de R$ 4.256. As embalagens apreendidas foram recolhidas pela Associação de Revendedores de Insumos Agrícolas de Balsas (Ariab) para incineração. A ação contou com o apoio da Polícia Rodoviária Federal, que participou da fiscalização garantindo a segurança aos fiscais da Aged-MA e funcionários da Ariab.

Para o chefe da Unidade Regional da Aged-MA em Balsas, Eugênio Pires, a operação fortalece as ações que tem como objetivo combater crimes ambientais com agrotóxicos em propriedades rurais no sul do Maranhão e prevenir a população da região de contato com resíduos tóxicos. “Essas embalagens de agrotóxicos apreendidas estavam na propriedade rural e no açude que abastece um riacho conhecido na região, que é fonte de água para inúmeras famílias ribeirinhas; estavam com resto de produtos químicos, podendo causar consequências sérias para a saúde humana e para o meio ambiente”, explicou.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...